Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

INTERCAMBIANDO

Blog para fazer amigos pelo mundo, falar do cotidiano, experiências , sentimentos e relacionamentos das pessoas comuns... e, de vez em quando "botar a boca no trombone"!

INTERCAMBIANDO

Blog para fazer amigos pelo mundo, falar do cotidiano, experiências , sentimentos e relacionamentos das pessoas comuns... e, de vez em quando "botar a boca no trombone"!

  • QUEM RI À TOA ATRAI BONS FLUIDOS!

    A alguns dias atrás escrevi um post "QUEM É FELIZ RI À TOA",  e hoje quero completar o assunto, embora sejam outras situações!

    Material é o que não falta, falando dos benefícios das atitudes positivas, e não vou aqui chover no molhado!...Mas,hoje, lembrei-me de um episódio ocorrido anos atrás onde tive a comprovação de todas estas teorias.

    Na ocasião eu tinha uma loja de roupas femininas dentro de um salão de cabeleireiro. O negocio ia mal e eu já não aguentava mais aquilo!...Mas, também não queria sair do negocio pior que entrara, queria ao menos recuperar o investimento!...Então fui até uma imobiliária vizinha, especializada em vender pontos comerciais, e, pretendia colocar a loja à venda.

    A corretora que me atendeu tirou-me toda e qualquer esperança em fazer o negocio, pelo fato da loja ser dentro do salão!

    Bem, saí de lá arrazada!

    Alguns dias depois, coloquei eu mesma um anuncio no jornal, só tive uma resposta ao anuncio e....adivinhem, consegui vender a loja!

    A alegria e satisfação eram tantas, que saímos para comemorar: minhas filhas, minha irmã, as amigas de minhas filhas e eu. Devo dizer que me sentia muito bem, totalmente descontraída mesmo!...

    Fomos a um barzinho charmoso, conversa vai, conversa vem, até que lá pelas tantas, o garçon chega com um "Torpedo" e me entrega.

    Era um bilhetinho de um rapaz me convidando para um papo....Estranhei, pois com tantas mulheres mais bonitas e mais jovens que eu à mesa, um bilhetinho para mim?...Perguntei ao garçon se ele não havia se enganado....Ele me apontou a pessoa, que me acenou!

    O rapaz se aproximou, trocamos algumas palavras, e como já estávamos de saída, nos despedimos!

    ...Fiquei pensando naquilo, pelo inusitado, não que naquela altura eu não tivesse meu charme, mas, numa lista de coerência, com certeza eu estaria no final dela!

    ...E a única explicação que encontrei foi o fato de, naquele dia, eu estar tão feliz, que me tornara radiante!....

     

    Hoje, agosto de 2017, relendo este post pensei em retirá-lo, pois me parece um tanto pretensioso, um tanto "cheio de si", convencido! Mas, foi um momento meu! Claro que pouco interessa aos outros um momento meu, afinal, quem sou eu, mas achei que ilustra bem como o estado de espírito é transformador. E hoje, que já não tenho mais esta "leveza" sinto falta dela e gostaria de voltar a tê-la!