Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

INTERCAMBIANDO

Blog para fazer amigos pelo mundo, falar do cotidiano, experiências , sentimentos e relacionamentos das pessoas comuns... e, de vez em quando "botar a boca no trombone"!

INTERCAMBIANDO

Blog para fazer amigos pelo mundo, falar do cotidiano, experiências , sentimentos e relacionamentos das pessoas comuns... e, de vez em quando "botar a boca no trombone"!

  • TESTANDO SABORES PARA AS FESTAS!

    As famílias brasileiras tem por tradição, acredito que por herança dos portugueses, fazer grande variedade de comidas quando chegam as festas natalinas.

    Em nossa família preferimos ter um prato principal, um acompanhamento, uma salada e uma sobremesa! Pronto, nada mais que isso! Mas, claro, que tenham sempre um quê de especial!

    Hoje testamos um prato que pretendemos fazê-lo no natal, e foi aprovadíssimo.

    Tínhamos visto a receita dele em um programa da Globo News " Almanaque".

    Trata-se de uma das receitas que se encontram no livro "Sabor do Brasil", recentemente lançado pela jornalista Alice Granato e  pelo fotógrafo Sergio Pagano, numa aventura que durou 5 anos mapeando a gastronomia Brasileira de uma ponta a outra, com suas histórias e tradições.

    Esta receita é a do "Arroz Carioca", e conta com uma variedade de ingredientes e sabores pronunciados que aguçam o paladar, como é o caso do açafrão, do gengibre e das pimentas que lhe marcam o sabor.

    Conheça mais detalhes do livro e da receita, neste vídeo do programa Almanaque .

     

     

     

    O nosso Arroz Carioca

    Substituimos a pimenta de cheiro por pimenta doce, pois minha mãe tem restrições com pimentas, e colocamos a pimenta biquinho apenas como decoração, para possibilitar sua injestão apenas pelos que a apreciam. Ficou muuuuiiitttoo bom.

     

    Em tempo: No vídeo o "chef de cozinha" diz que é um prato que demora 10 minutos a ser feito. Demora 10 minutos, depois que você tiver com tudo preparado, ou seja: camarões limpos, brócolis lavados e cozidos, pimentas lavadas e preparadas, cebolas picadas... Não é tão rápido assim!

     

    Como acompanhamento optamos por uma salada, apenas, por entender que ele já é um prato completo. Mas, no Natal acrescentaremos Salmão assado no papilote que é outra delícia que a família aprova.

     

     

    O Livro de Alice Granato e Sergio Pagano

    O OUTRO SER QUE HABITA EM NÓS!

    Religiões, dogmas e filosofias à parte, estou cada dia mais convencida de que existe um outro Ser que habita em nós.

     

    E é muito mais inteligente e sensível, mas também mais irracional, à medida que não temos domínio nenhum sobre ele e quando vai se manifestar.

     

    E, percebo que este Ser está muito ligado aos processos criativos, ao encadeamento de pensamentos, processos gestuais e intuição.

     

    Tenho, nos últimos meses,  me deparado com este Ser em algumas ocasiões, culminando hoje às 4:30 hs da manhã, quando fui acordada com uma palavra: " SEMÂNTICA".

    Se alguém me perguntasse o que esta palavra quer dizer, durante o dia, eu não saberia descrevê-la de imediato. Talvez a tivesse descrito de forma errada, pois meu racional pouco a usa e pouco a conhece.

     

    Como foi impossível voltar a dormir, pela insistência com que ela me vinha à mente, levantei-me e fui consultar o bom e querido dicionário  "Aurélio", que me informou: Semântica:: "o estudo das mudanças ou translações sofridas, no tempo e no espaço, pela significação das palavras”.

    Pronto, era a resposta que eu precisava para concluir um trabalho de língua portuguesa que vinha me incomodando há dias, por uma série de entraves ocorridos durante este exercício.

    Escrevi o texto, voltei a me deitar e a refletir sobre essa "manifestação", que não tenho outra palavra para rotular.

     

    E, de outras manifestações que venho observando quando de exercícios de pintura e escultura, às quais também não tenho habilidade técnica e racional, mas que, em diversos momentos já observei minhas mãos realizando gestos tão intuitivos como se outra pessoa as estivesse guiando.

     

    Sinto de grande importância ficar atento a estes pequenos sinais, pois se bem direcionados, podem nos levar a um melhor entendimento de nós mesmos e de como funcionam nossos processos cognitivos e emocionais.

     

    É uma sensação como poucas e que merece um estudo aprofundado para entendê-la!