Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

INTERCAMBIANDO

Blog para fazer amigos pelo mundo, falar do cotidiano, experiências , sentimentos e relacionamentos das pessoas comuns... e, de vez em quando "botar a boca no trombone"!

INTERCAMBIANDO

Blog para fazer amigos pelo mundo, falar do cotidiano, experiências , sentimentos e relacionamentos das pessoas comuns... e, de vez em quando "botar a boca no trombone"!

  • 1414 - CILADAS DA TELEFONIA CELULAR

    Tenho uma linha da TIM e desde as três últimas recargas tenho visto meus créditos evaporarem. Fim de ano, correrias, acabei não tomando providências.

     

    Agora, depois das festas, já um pouco mais tranquila, resolvi verficar o que está ocorrendo pois fiz mais uma recarga e sem ter ligado ou enviado mensagens a ninguém já estava sem uma boa parte dos créditos.

     

    Liguei a TIM e ela não soube me dizer o que está ocorrendo.

     

    Liguei para a ANATEL e eles me disseram que não têm como verificar a ocorrência e não cabe recurso, pois provavelmente, eu deva ter aderido a algum QUIZ.

     

    Agora pergunto: Se a Operadora e o Órgão que a rege não têm condições de verificar o que ocorre e tomar uma providência, quem terá?

     

    Comecei a suspeitar de uma mensagem que tenho recebido inúmeras vezes ao dia do 1414 que é realmente um Quiz, mas que eu NÃO respondo. Da  primeira vez que me enviaram apenas dizia: Responda "OK Grátis" e concorra a R$ 3000,00... Doce Inocência ( ou burrice mesmo!). Respondi OK e nunca mais tive sossego e me vi presa nesta armadilha.

     

    Liguei novamente à TIM relatei o ocorrido e ainda assim disseram não saber a proveniência. Ao menos me orientaram para que respondesse SAIR e que tudo teria um fim.

    Assim fiz, mas e meus créditos? Vou ter que engolir o prejuízo? Quantas pessoas caem nesta armadilha e ficam sem seus créditos?

     

    O que mais revolta é não ver os nossos direitos respeitados e nossa cidadania massacrada pelos grandes conglomerados e sem apoio de quem deveria nos proteger.

     

     

    Imagem da http://br.stockfresh.com/image/426743/talking-parrot

    E SE COLOCAR UMA MÚSICA?

    Neste mundo que vivemos, sem tempo para reflexões e até mesmo para viver, encontrar jovens reflexivos e poéticos é tudo de bom!
    É o caso de Jorge Luis Mendonça Martinez lá da cidade de Santos/SP/Brasil. Adorei este poema que mostra toda sua maturidade, mesmo em alguém tão jovem! Se colocar uma música aí, hem?!!!! Vai prás paradas, não vai Carlinhos Brown?!!!!!
                                                  EXTRAVIOS GUARDADOS
    Mamadeira, pente e chupeta;
    mordedor, pomada, berço,
    e carrinho; móbile, lenço,
    gaveta; andador, alfinete e
    talquinho; tampa de tomada,
    banheira e camiseta; brinquedos,
    fadas, fraldas, dentes
    de leite e linho.
    Nada menos
    no enredo. As coisas
    que me roubaram,
    me iludiram desde cedo.
    Minha bola de capotão,
    meu bodoque, minha bike;
    meu jogo de botão,
    meu skate, meu atari;
    onde estão?
    Nada mais
    percebo. Desses objetos
    que me levaram, só
    me deixaram mancebo.
    Tênis bamba,
    relógio e corrente;
    perfume, cigarro e estojo;
    muamba, isqueiro, pingente.
    Tudo se desfez em segredo,
    tantos materiais me dominaram,
    e jamais perguntaram
    se por acaso os concedo.
    Dentadura, peruca e viagra;
    muletas, dominó e palitinho;
    damas, pijamas, safenas;
    próteses e este pergaminho.
    Acabarão, talvez, em algum sebo?
    Faltam-me as peças que afanaram,
    mas na lembrança
    ainda as concebo.
    Por Jorge Luiz Mendonça Martinez em http://textosinfimos.blogspot.com.br/2013/12/j.html
    Foto "afanada na mão grande" do blog Every Art  http://everyarte.blogspot.com.br/2013_04_01_archive.html
    Obrigada a Jacqueline Moraes por ela

    BOLO DA FELICIDADE

    Quem presta atenção na vida sabe que a felicidade tem cheiro e tem gosto.

    Dos seus cheiros já falamos aqui.

    Do gosto, também cada um tem o seu. O meu é este bolo que segue a receita abaixo.

    Porque? Porque me foi feito por uma amiga num momento de muito carinho para comemorar meu aniversário. O nome original é bolo Dona Eleotéria, mas para mim será sempre o Bolo da Felicidade.

     

    2 xícaras (chá) de farinha de trigo

    2       "       "    de açúcar

    1 1/2 "       "    de óleo

    4 ovos

    1/2 kg de cenouras raladas no ralo grosso

    2 colheres de chá de pó royal

    2      "             "   de bicarbonato

    2      "             "   de canela em pó

    1 pitada de sal

    1/2 xícara de nozes ou qq outra castanha

    1/2 xícara de passas

     

     

    Bater o óleo com o açúcar, juntar os ovos. Bater bem e juntar o demais ingredientes. Por último as frutas, o royal e o bicarbonato. 

     

    RECHEIO E COBERTURA

     

    1/2 copo de açúcar

    2 copos de requeijão

    2 colheres (chá) de baunilha.

    Misture bem, corte o bolo ao meio, recheie. Coloque o restante como cobertura.