Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

INTERCAMBIANDO

Blog para fazer amigos pelo mundo, falar do cotidiano, experiências , sentimentos e relacionamentos das pessoas comuns!

INTERCAMBIANDO

Blog para fazer amigos pelo mundo, falar do cotidiano, experiências , sentimentos e relacionamentos das pessoas comuns!

  • AS MARCAS QUE DEIXAMOS

    Hoje partiu Jacinta, uma querida que tive o prazer de estar junto apenas uma vez, mas que me marcou profundamente.

     

    Jacinta tinha uma peculiaridade interessante: ela pintava embalagens que iam ser descartadas, enchia-as de balas e presenteava a todas as pessoas, até as que ela não conhecia, como é o meu caso. Com toda certeza esta será uma das marcas que ela deixará e será difícil não se emocionar ao tocarmos seus trabalhos.

     

    Impossível não refletir sobre o quanto os objetos manuseados ( Artesanatos) e os que envolvem uma criação (Arte) vêm impregnados de uma energia vital que permanece todo o sempre ao objeto, como se a eles pertencessem. 

     

    Não discutimos aqui o valor artístico ou estético! Nem o valor emocional ligado àqueles a quem o indivíduo convivia. Claro, para a família todos seremos lembrados por tudo que fomos. Falamos aqui desta energia, ou sinergia, que acompanha todo objeto que foi criado por algum indivíduo  para suprir alguma necessidade pessoal de expressão, ou até para preencher seu tempo criativamente. Queremos discutir aqui que a produção humana não pode ser medida apenas pelo que ditam os cânones da Arte, mas também por todo contexto desta produção e pelo que ela encerra em si mesma de afetividade e do proprio trabalho artesanal.

     

    Por isso hoje, ao tocar os objetos que ganhei de Jacinta, abracei-os e chorei muito. Chorei por Jacinta, chorei por mim, chorei por todos nós que temos uma passagem tão breve aqui e que questionamos para onde iremos, e que a única certeza que temos são das coisas que aqui plantamos, e das marcas que deixamos.

     

     

    ADEUS JACINTA!