Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

INTERCAMBIANDO

Blog para fazer amigos pelo mundo, falar do cotidiano, experiências , sentimentos e relacionamentos das pessoas comuns!

INTERCAMBIANDO

Blog para fazer amigos pelo mundo, falar do cotidiano, experiências , sentimentos e relacionamentos das pessoas comuns!

  • "GAÚCHO", NO CANADÁ, MANDA NOTÍCIAS!

    Gaúcho, no Brasil, é quem nasce nos pampas, no Rio Grande do Sul, mas, pode ser também, qualquer homem que os lembre, ou pela aparência, ou jeito de ser, ou ainda por ter algum hábito lá dos Riograndenses.

     

    Dudú, Curitibano de nascença,  desde que entrou prá nossa família, meu pai começou a chamá-lo de gaúcho, pois além dos olhos azuis, veio-nos, acompanhado de uma "Cuia" ( cabaça ornamentada, onde, tradicionalmente, os gauchos tomam o mate).

     

    Agora encontra-se no Canadá, e hoje enviou-nos sua primeira contribuição a este blog: Um pouco do que tem sido sua vida por lá, nestes 2 meses:

     

    "Após dois meses em Vancouver tenho percebido quão diferente
    é estar aqui em relação ao Brasil, minha hometown!

     

     Apesar da semelhança do clima, da grande área verde, dos atrativos turísticos, entre outras coisas, quando chegamos aqui tivemos um choque cultural comum a este tipo de experiência. Como em filmes ou noticiários, você pode enxergar pessoas trajando um incombinável look: botas roxas, cabelos vermelhos, saia cinza, blusa azul, tudo muito descolado e interessante...

     

    Aqui você também tem o prazer de conhecer  e muitas vezes experimentar inúmeros pratos e bebidas internacionais. Eu já experimentei
    comida Russa, Grega, Indiana e canadense é claro... e de todas a que me chamou mais atenção foi a Russa. A comida canadense como todos sabem é “Junk Food”, ou fast food. Mas,  o breakfast, apesar de um pouco oleoso é delicioso e nutritivo:pãozinho, ovos, queijo, bacon e batatas.

     

    Esse mês já podemos dizer que estamos mais adaptados e estamos começando a curtir mais o inglês nosso de cada dia. Muitos aqui falam um inglês super rápido e no geral posso dizer que estamos nos virando bem. A língua tem 550mil palavras e o ideal é que saibamos pelo menos 1mil até a conclusão do curso.

     

    Por fim, concluo afirmando que aos 31 anos de idade me sinto um “piá”. Acho que daqui pra frente é continuar estudando e interagindo com toda e qualquer cultura aqui instalada, deixando os estigmas de lado, porque a idéia sempre foi essa.

    “Melhor andar à toa, do que ficar a toa.” (Expedito Pazeto)

     

    Bjo no coração!

     

    Dudu"

     

    Breakfast Canadense

    Com a esposa no Jardim Chinês

     

     

             Ensinando o pulinho do Cururu, para os amigos de classe, em Kitsilano

     

     

    5 comentários

    Comentar post