Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

INTERCAMBIANDO

Blog para fazer amigos pelo mundo, falar do cotidiano, experiências , sentimentos e relacionamentos das pessoas comuns... e, de vez em quando "botar a boca no trombone"!

INTERCAMBIANDO

Blog para fazer amigos pelo mundo, falar do cotidiano, experiências , sentimentos e relacionamentos das pessoas comuns... e, de vez em quando "botar a boca no trombone"!

  • MOMENTOS PERFEITOS/PÃEZINHOS IMPERFEITOS

    Nesta Páscoa meu genro nos apresentou uma receita de pãezinhos de cenoura cuja finalização seria com carinhas de coelhinhos. Adoramos a ideia pois sabíamos que despertaria o interesse de minha neta... E, de fato, ela participou da confeccção deles do começo da massa, até o fim quando moldamos as carinhas.

    Mas, depois de prontos, já não sabíamos mais que bicho era, e assim a realidade frustrou um pouco as expectativas, não fosse a reflexão tão carinhosa de minha filha:

     

    "Nessa páscoa estávamos empolgados para fazer os pães de coelho e ficamos um pouco decepcionados qdo percebemos que eles viraram verdadeiros morceguinhos. Pensei: a receita é deliciosa, mas da próxima vez não tem porquê ficar desenhando o bichinho no pão. Mais tarde, percebi que essas receitas de datas comemorativas têm um objetivo maior do que a experiência estética, que é o de integrar a família. Todos se envolveram na tentativa de fazer o "coelho perfeito"! A mãe fez a massa, Belinha queria coelhos pequenos e a Deda fazia-os com pompom. Dudu fez uma cabeça de galinha, Vandeco dava risada, achava que era muita massa e que teríamos muitos coelhos. Eu ia fazendo as carinhas com todo o cuidado na esperança que ficassem como os da foto da receita. Edison fez os recortes da última fornada, que renderam morcegos Frankensteins. Mariana registrou nossa expectativa x realidade. Todos nós rimos muito e ficamos com a alma alegre e o corpo alimentado. Mas e se fosse um pãozinho simples, redondinho, sem carinha nenhuma? Ah, a mãe e a Deda fariam tudo sozinhas, possivelmente. Então acho que nosso pãozinho de cenoura deve continuar com carinha de coelho/morcego/galinha, para alegria geral da nação!

    Que consigamos ter mais momentos como este, que fazem crescer o afeto e estreitar laços".
     
     
     
     
     
    Para quem desejar viver esta deliciosa experiência segue a receita 

    Para a receita de pão de cenoura você irá precisar de:

    - 4 xícaras de cenouras cortadas em rodelas
    - 2 ovos
    - 1 xícara de água morna
    - 2 colheres de sopa de fermento biológico seco
    - 3/4 de xícara de óleo
    - 1/2 xícara de açúcar
    - 1 colher de sopa de mel
    - 2 colheres de chá de sal
    - 8 1/2 xícaras de farinha de trigo

    Como preparar:

    Em uma panela com água cozinhe a cenoura até ficar macia, e então drene a água e bata a cenoura no liquidificador, ou em um processador, até obter um purê. Se você quiser um sabor mais defumado para o seu pãozinho, pode assar a cenoura no forno ao invés de cozinhar na água.

    Ainda no liquidificador, adicione os ovos e 1/2 xícara de água, batendo até o purê ficar bem cremoso.

    Numa tigela grande, coloque o fermento biológico seco e o restante da água, mexendo até dissolver totalmente o fermento. Despeje então o purê de cenoura e, na sequência, adicione o óleo, açúcar, mel, sal e 5 xícaras de farinha, misturando e amassando com as mãos. Adicione mais farinha, se necessário, até obter uma massa de pão macia e lisa.

    Polvilhe a sua bancada com um pouco de farinha e sove a massa por 6 a 8 minutos, para que ela obtenha um pouco de elasticidade. Se você tiver uma batedeira com o(s) gancho(s) para bater massa de pão, também pode usar. Em seguida, coloque a massa em uma tigela grande levemente untada com óleo, cubra com um pano úmido ou um filme plástico e deixe descansar por cerca de 1 hora, para dobrar de tamanho.

    Divida a massa em bolinhas pequenas. Com ela é possível fazer 48 pãezinhos, mas a quantidade varia conforme o tamanho das bolinhas de massa. Coloque as bolinhas de massa em uma assadeira untada de óleo ou spray para untar e cubra novamente com um pano úmido ou filme plástico, deixando descansar por mais 1 hora. É importante não deixar uma bolinha de massa muito próxima a outra, pois elas vão dobrar de tamanho nesta etapa.

    Passada 1 hora, os seus pãezinhos já estão prontos para assar. Para fazer o pão do coelhinho, como é a da ideia da foto, pegue uma tesoura e belisque a massa fazendo as orelhinhas. Em seguida, usando uma esteca ou um palito de churrasco faça os olhinhos, apertando a massa.

    Leve então os seus pãezinhos para assar em forno pré-aquecido a 180°C por 18 a 20 minutos ou até que fiquem dourados.

    Se preferir, depois que as bolinhas dobrarem de tamanho, você pode congelá-las. Depois de congeladas, você pode colocar todos em saco plástico e deixar no congelador retirando somente a quantidade que desejar.

     

     

    Nossos agradecimentos ao Blog ANIMAIS RESPEITO pela receita.

     

     

    5 comentários

    Comentar post