Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

INTERCAMBIANDO

Blog para fazer amigos pelo mundo, falar do cotidiano, experiências , sentimentos e relacionamentos das pessoas comuns...

30.03.11

FUI AO MASP, NÃO VI TARSILA!


Bete do Intercambiando

É verdade!...Nosso curso de Comunicação Visual, esteve hoje, no Masp, ( Museu de Arte de São Paulo), e não vi Tarsila do Amaral, um de nossos ícones do Movimento Modernista no Brasil!

 

Procurei no acervo, mas, parece que não existe nada dela lá!...Estranhei!...Voltei, continuei procurando, mas, nada encontrei!...

 

...Bem, não vimos Tarsila, mas vimos Toulouse Lautrec, Manet, Monet, Degas, Van Gogh, Picasso, Di Cavalcanti, Portinari, entre outros grandes nomes de todas as épocas!...Enfim, um acervo Bilionário!

 

Claro, a emoção é grande, estar frente a frente com estas obras, que além de consagradas, remontam a tempos tão distantes ( algumas obras de artistas do ano 1400).

 

Interessante também, entrar em contato com algumas obras consagradas, mas que não conhecíamos os artistas, e posto algumas delas aqui, para compartilhar com vocês:

 

 

Giovanni Boldini (Itália 1842 - França 1931)  - Amei seus traços, e a vida que este quadro tem pessoalmente

 

 

 

 

 

 

ANDRÉ LHOTE -  Bordeaux- França, 1885 -  Paris - 1962

Interior com figuras femininas

 

 

 

Edouard Vuillard - Cuiseaux - França 1868 a 1940

A Princesa Bibesco

 

 

Maurice  Utrillo - Paris 1883 a 1955

Obra Sacre Coeur de Montemartre e Chateau des Bronilards

 

Bem, é isso aí!...preferi colocar as fotos dos que eu, pessoalmente menos conhecia ( perdão aos entendidos, pela minha ignorância), mas, que   gostei igualmente aos mais famosos!

 

Aos que quiserem conhecer o acervo do Masp, basta acessar : http://www.masp.art.br

 

 

Como Ganhar Dinheiro na Internet

 

23.03.11

APRENDENDO A ENGOLIR SAPO!


Bete do Intercambiando

Tenho um post chamado SEU NOME NA BOCA DO SAPO! , que, curiosamente, todos os dias tem muita gente que entra aqui para vê-lo, nem eu mesma sei o motivo!

 

Hoje, conversando com um amigo, estávamos falando, que, na vida, temos que "aprender a engolir sapos", que, na verdade, não tem nada a ver com o "Seu Nome na Boca do sapo"!

 

Fiquei pensando, na riqueza de nossa lingua, onde duas terminologias, aparentemente iguais, com sentidos  tão diferentes!...Enquanto uma relaciona-se a uma pequena maldade "colocar seu nome na boca do sapo", a outra relaciona-se à capacidade de alguém de ouvir desaforos e ficar quieto - "engolir sapos".

 

Fiquei pensando também, em quantos problemas, pode nos causar, o fato de não se saber engolir sapos!

 

Esta pessoa com quem eu conversava, me dizia, que grande parte dos problemas que hoje o afligem, vem do fato dele não ter nunca engolido sapos, e ter tomado os pés pelas mãos, e dado as costas às boas oportunidades que já se lhe apresentaram!

 

As pessoas reclamam da sorte, de Deus, das pessoas que viram as costas, mas nunca param para refletir, o quanto suas próprias atitudes perante a vida, os colocaram naquela situação...Ainda bem, que este meu amigo tem essa consciência, o que já é um grande avanço no sentido de reavaliar o comportamento e evitar próximos erros.

 

Quanto a mim, bem, eu aos 55 anos confesso: Ainda não aprendi a engolir Sapos!...Se não aprendi até agora...quando será?!!!!!rsrsrsrsrsrsrs

 

 

 

18.03.11

IMPRESSIONANTE!...COMO PODE?


Bete do Intercambiando

É muito emocionante este bebezinho, que mal sabe falar, sabendo cantar a música todinha!... E o mais legal é que ele vai se empolgando e soltando a voz!

 

E muito emocionante também, o papel dos pais, em levar o filho, desde cedo à igreja!

 

 

 

 

 

15.03.11

A COMOÇÃO POR UMA COMUNIDADE!


Bete do Intercambiando

Peço desculpas aos amigos, por continuar com o assunto carnaval, mesmo depois que ele se foi!

 

Mas tenho uma explicação: Estamos preparando para nosso curso de Comunicação Visual, um trabalho sobre as escolas de samba de 2011, e não teríamos como fazer, não tivesse ainda passado o desfile!

 

E, neste processo de pesquisa, algo que muito me emocionou, foi a preparação da comunidade da Mangueira para participar do samba enredo!

 

Quem assistiu ao desfile,   não deixou de se emocionar, quando, já de manhãzinha e debaixo de chuva, a bateria dava sua paradinha e um cortejo de vozes animadas , vindas da platéia, marcava sua presença, com garra,  e dava ao desfile uma sensação de unidade, de comunidade, de pátria mesmo!

 

O Tema foi sobre a vida de Nelson Cavaquinho, filho ilustre da Mangueira, que este ano completaria 100 anos. O samba enredo é de arrepiar!

 

Melhor que palavras, é sentir você mesmo! Este vídeo, é deste momento do ensaio da comunidade!

 

 

 

Destaque de um carro alegórico da Mangueira 

 

 

 

 

 

 

 

 

Como Ganhar Dinheiro na Internet
13.03.11

A CONSTRUÇÃO DE UM PARADIGMA!


Bete do Intercambiando

Chegou me hoje pela internet, esta experiência que alguns cientistas fizeram com 5 macacos, e achei sensacional e intrigante, e para se refletir!

 

 

 

Um grupo de cientistas colocou cinco macacos numa jaula, em cujo centro puseram uma escada e, sobre ela, um cacho de bananas. Quando um macaco subia a escada para apanhar as bananas, os cientistas lançavam um jato de água fria nos que estavam no chão. Depois de certo tempo, quando um macaco ia subir a escada, os outros enchiam-no de pancada.

 

 

 

 

Passado mais algum tempo, mais nenhum macaco subia a escada, apesar da tentação das bananas. Então, os cientistas substituíram um dos cinco macacos. A primeira coisa que ele fez foi subir a escada, dela sendo rapidamente retirado pelos outros, que lhe bateram. Depois de algumas surras, o novo integrante do grupo não subia mais a escada. Um segundo foi substituído, e o mesmo ocorreu, tendo primeiro substituto participado, com entusiasmo, na surra ao novato. Um terceiro foi trocado, e repetiu-se o fato. Um quarto e, finalmente, o último dos veteranos foi substituído.

Os cientistas ficaram, então, com um grupo de cinco macacos que, mesmo nunca tendo tomado um banho frio, continuavam a bater naquele que tentasse chegar às bananas.
Se fosse possível perguntar a algum deles por que batiam em quem tentasse subir a escada, com certeza a resposta seria:
" Não sei, as coisas sempre foram assim por aqui... "
Não deves perder a oportunidade de passar esta história para os teus amigos, para que, de vez em quando, se questionem por que fazem (ou não fazem) certas coisas.

 

 

 

" É MAIS FÁCIL DESINTEGRAR UM ÁTOMO DO QUE UM PRECONCEITO "
(Albert Einstein)

 

12.03.11

SUGESTÕES DE RECHEIOS PARA O RAP 10!


Bete do Intercambiando

A dias atrás pusemos uma receita ( provável receita, mas que funciona) da massa do Rap 10, que, na verdade, é um lançamento da Pulmann, e para os que preferem a praticidade, o melhor caminho é mesmo comprá-lo nos Supermercados.

 

Mas, temos observado, que diariamente, aqui entram pessoas procurando por sugestões de recheios  para eles!

 

1. Uma das maneiras que mais gosto, é também a mais simples: Com manteiga ( manteiga mesmo, não margarina) e mel....Mas, prá ficar 10 mesmo é preciso que a massa esteja bem quentinha, acabada de sair do fogo!...HUmmmmm, no inverno, no café da manhã, tudo de bom!

 

2. Outra maneira igualmente ótima e simples, é enrolar uma fatia de mussarella na massa (esta quente tb), e jogar por cima um molho de goiabada, que se obtém, derretendo o pacotinho de goiabada cascão, com um pouco d'água, até que fique totalmente dissolvido!

 

3. Leite condensado in natura, com castanhas picadas por cima!...Não esqueça de acompanhar com café, que fica perfeito!

 

4. Agora uma receita salgada, que poderá servir de recheio e, eventualmente substituir   um jantar :

 

Patê Festivo

 

50 g de queijo gorgonzola amassado

100g de ricota passada pela peneira

2 colheres (de sopa) de maionese, se ficar muito seco, coloque mais

1 cenoura média ralada em lascas

3 colheres (sopa) de salsinha picada

3 colheres (sopa) uva passa sem semente

1/2 colher (sopa) de gengibre ralado

1 colher (sopa) pimenta doce picada

 

Misture tudo e acompanhe os Rap 10

 

 

RECHEIO DE FRANGO

 

Faça um refogado com frango desfiado.Coloque bastante cheiro verde, e, se o refogado estiver muito cheio de líquido, adicione 1 colher de amido de milho (Maizena). Recheie os discos....Por cima adicione um molho branco quente.

 

RECHEIO DE CARNE DE SOL

 

Cozinhar a carne de sol. Refogar com cebola e alho à gosto. Salpicar cheiro verde e acrescentar requeijão. Depois é só rechear o crepe, ou se preferir faça com a TAPIOCA. Clique aqui e veja uma maneira fácil, fácil de fazer Tapioca.

 

RECHEIO DE PATÊ DE BERINGELA DELICIOSO

 

Bem estas são algumas das sugestões de hoje

 

 

 

condomínio fechado.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

10.03.11

VITÓRIA À SIMPLICIDADE E AO LUXO DO REI!


Bete do Intercambiando

Com um samba animadíssimo cantado com garra por todos os componentes, num desfile que foi luxo só, venceu A Beija Flor de Nilópolis, no carnaval do Rio, apresentando no enredo a Vida de Roberto Carlos!

 

Belisa, Adélia, Maria, Tereza, especialmente prá vocês!...

 

08.03.11

MEU PRIMEIRO SKETCHBOOK!


Bete do Intercambiando

Sempre fui dada a anotar as coisas que me interessavam em leituras, indicações de livros, frases interessantes, mas sempre o fiz nas contracapas de minhas agendas, pois achava que assim estariam bem evidentes e não se perderiam dentro delas.

 

Mas, desde a semana passada, adquiri um outro hábito: Escrever em um Sketchbook que, para quem não sabe, é um tipo de um caderno, com folhas em branco, ideais para se fazer esboços ( Sketch), ou para o que mais lhe aprouver.

 

Você pode simplesmente comprar um caderno, mas o bacana, é você mesmo criar seu próprio Sketchbook, superpersonalizado.

 

Quem nos orientou, nesta missão, foi nossa professora de História da Arte, a maravilhosa Patrícia, e eu gostei tanto, que já estou fazendo o segundo!...Penso que vai virar mais uma de minhas manias!...

 

Quando eu era criança, mamãe me dizia que eu era "como bobo quando pega na corda do sino"!...Não me lembro por quais motivos ela me dizia isso, mas, a verdade, é que eu sou mesmo como bobo quando pega na corda do sino, quando gosto de uma coisa!...Foi assim com o tricô, foi assim com a decoupage, está sendo assim com a Internet( Blog), e penso que assim será com o tal Sketchbook!

 

Este primeiro fiz a capa em papel canson, daqueles mais grossos...Passei massa acrílica da Corfix, para imitar uma superfície bem rústica ( pedras), pois o motivo seria de Pintura Rupestre.

 

Depois, com gel envelhecedor em diversos tons, fui criando as superfícies, e por fim com canetinha hidrocor desenhei os bois.

 

Passei um pouco de cera, destas de passar no chão, mesmo, para dar uma certa proteção ao trabalho, para que não venha a manchar rapidamente... Isso feito, coloquei folhas de sulfite dentro, criei 2 furinhos com a tesoura, e por eles passei a lã, para amarrar as folhas.

Bem artesanal, não é?...Muitos devem estar se perguntando se não seria mais fácil comprar um lindo caderno, visto que as ofertas neste sentido são imensas, mas, gente, é tão gostoso criar...fazer... olhar para o que você fêz... manusear seu trabalho..., enfim, cada louco com sua mania...E fiqei muito feliz de aprender mais essa!

 

Já estou quase nos finalmente do próximo, que será uma deusa egipcia.

 

 

Este fio que tem no meio é a lã usada na amarração!...Como não tinha na tonalidade, usei cinza mesmo

 

 

 

APRENDA A FAZER SITES ARRASADORES QUE VENDEM COMO LOUCOS

 

 

 

 

 

07.03.11

ESTA NOITE LEVAREI SUA ALMA!


Bete do Intercambiando

Com este tema, a "Unidos da Tijuca", bicampeã do Carnaval do Rio, entrou na Avenida, com uma comissão de frente de arrasar, pelo 2º ano consecutivo.

 

O enredo foi em torno de filmes de terror, suspense, e ação, e a bateria se apresentava com as Fantasias de "Lanterninha", representando os guardinhas do cinema.

 

Na comissão de frente,  seres de outro mundo, bem assustadores, todos vestidos de preto, com cabeleira branca e, em determinado momento caia-lhes a cabeça até a altura da cintura, o que depois colocavam de volta, num sincronismo impressionante de todos os componentes.

 

 

Não houve quem não ficasse intrigado com a peripécia, e também com a mesa que flutuava, num carro alegórico, numa alusão ao filme Harry Poter.

 

Um dos carros alegóricos, tinha uns gorilas que se jogavam das árvores em um cipó, interpretados por alpinistas treinados, devido a complexidade do fato...Em outro carro 30.000 litros de água para abrigar um imenso tubarão que devorava um ser humano, interpretado por um mergulhador que tinha que passar literalmente pela goela do tubarão e retornar a cena...Claro, só aparecia "o antes", por motivos óbvios.

 

Foi um delírio total, com excessão dos críticos mais consevadores que temem, ao aplicar-se tanta tecnologia num desfile de Carnaval, que se perca a naturalidade dos desfiles e uma mudança de rumo cultural.

 

Mas, estive lendo a respeito, no livro O ENREDO de Julio Cesar Farias,  e os entendidos da matéria, dizem " ser impossível conter os rumos que uma cultura caminha espontâneamente, com risco de tornar-se uma cultura completamente fechada, que só sobriveria por conta das poucas pessoas que lutariam para que não se apagasse".

E, pelo que se tem visto, realmente parece ser um caminho sem volta, cada dia mais, irmos nos aculturando com as novas tecnologias...É algo que não se tem como impedir, delas avançarem para o dia-a-dia, para as artes, e para tudo mais.

 

Difícil será outra escola superar tudo que passou na Unidos da Tijuca!...Foi tão im pressionante que, talvez eles mesmos possam vir a ter dificuldades em se superar!

 

 

 

 

 

 

 

 

 FOTOS DA COMISSÃO DE FRENTE DA UNIDOS DA TIJUCA

 

CONTINUAÇÃO NO SABEDORIA POPULAR

 

 

06.03.11

PARA ENTENDER O CARNAVAL BRASILEIRO!


Bete do Intercambiando

Hoje começa o desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro, do grupo especial!

 

Embora o desfile pareça uma sucessão de fantasias, com um número sem fim de mulheres peladas, o Carnaval não é só isso!

 

Muito pelo contrário, é um espetáculo organizado, com princípio, meio e fim,  e segue todo o desenrolar de um tema proposto, que vai definir como será o enredo!...Muitos chegam a comparar um desfile de carnaval, a uma ópera popular, o que, lhe faz justiça, diga-se de passagem!

 

Encontrado o tema, entram em ação uma série de profissionais gabaritados, muitos com formação acadêmica, vindos de Faculdades de Belas Artes,  para desenvolver o enredo.

 

Há, diversos enfoques para os assuntos escolhidos, podendo ser histórico, crítico, político, homenagem a um personagem, sobre uma sociedade, uma cultura, enfim, assunto é o que não falta para apresentar.

 

Dentro do assunto proposto (tema), o enredo poderá se desenvolver em diversas direções e enfoques....Por exemplo, se o Tema for sobre a Cultura Egípcia, o enredo poderá em uma ala abordar o lado histórico, em outra ala  a religião, em outra sobre os costumes culinários, em outra sobre a fixação da cultura pela vida após a morte, sobre o artesanato, sobre as artes. Como se vê, as abordagens são imensas, mas tudo deverá ter uma conexão!

 

Na apresentação, em primeiro lugar vem a Comissão de Frente, que, nos dias de hoje, acabam por se transformar em um espetáculo à parte, tão técnicas são as coreografias e bem elaborados os figurinos.

 

Segue  aqui, uma apresentação de uma comissão de frente do ano de 2010, da "Unidos da Tijuca", que foi uma grande surpresa, pois os personagens, mudavam de roupa, em plena passarela, sem que ninguém percebesse como isso era feito...Foi uma ousadia e tanto e mereceu NOTA 10, neste quesito, por todos os jurados, e a Escola acabou por se tornar campeã de 2010.

 

Prá não cansar, vou contar o restante em partes, OK?

 

Segue, lá no SABEDORIA POPULAR uma sinopse de um enredo da primeira escola a desfilar hoje, às 21,00 horas ( horário de Brasília)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto da Comissão de Frente  de 2011, de uma escola de samba de Florianópolis/SC integrados por um Grupo do Balé de Boshoi

 

 

04.03.11

"L'ARTE D'ARRANGIARSI"


Bete do Intercambiando

Expressão italiana que significa "A Arte de produzir algo a partir do nada"!

A arte de transformar poucos ingredientes simples em banquete a alguns amigos reunidos em uma festa!

Qualquer pessoa com talento para a felicidade pode fazer isto, não apenas os ricos!

Extraído do Livro : Comer, Rezar, Amar, de Elizabeth Gilbert.

 

Lembrei-me de meu Papá que tinha este talento de transformar as coisas!...Quando éramos crianças, e o IBAMA ainda não proibia a caça, quase todos os finais de semana ele ia caçar e, na véspera preparava o embornal com comida, um cantil de água, cartuchos!...Ah, não, os cartuchos iam em volta da cintura, numa espécie de cinturão!

A comida era um virado preparado com bacon, carne de sol, arroz, farinha de milho, muito cheiro verde,  tudo misturado a um acebolado que cheirava pela rua toda!...

Claro, ele preparava sempre a mais porque aquilo cheirava tanto que as crianças também queriam!...Muitas vezes já havíamos jantado, mas não perdíamos aquilo por nada!

 

 

A "Figura", saindo do banho em uma de suas aventuras pelo Pantanal Matogrossense!...

Este entendia, como ninguém  da "L'arte d'arrangiarsi".

 

_________________________________________________

 

 

 

02.03.11

O BRASIL PRECISA APRENDER!


Bete do Intercambiando

Quem me conhece sabe que não gosto de falar em problemas, nem tristezas, nem doenças!...Ao contrário, gosto de falar de soluções, alegria e saúde!

 

Nem, tampouco, gosto de espezinhar minha terra, que eu amo!...Mas, reconheço, que ela ainda precisa de muuuuiiiiittttaaaa coisa!...Este ano, a temporada das águas está castigando as grandes cidades e tudo está um caos!

 

Hoje, chegou-me às mãos uma tecnologia japonesa, empregada em Tóquio, que protege a cidade contra inundações!... Precisaria que o poder político brasileiro tivesse esta vontade de solução!

 

SUBTERRANEOS DE TÓQUIO

 

Anualmente uns 25 tufões assolam o território japonês.
Desses, dois ou três atingem Tóquio em cheio,
com chuvas fortíssimas durantre várias horas ou até um dia inteiro.
Mas nem por isso ocorrem enchentes ou alagamentos na cidade.
Por que será?

 

 

O subsolo de Tóquio alberga uma fantástica infraestrutura cujo aspecto se assemelha ao cenário de um jogo de computador ou a um templo de uma civilização remota. Cinco poços de 32 m de diâmetro por 65 m de profundidade interligados por 64 Km de túneis formam um colossal sistema de drenagem de águas pluviais destinado a impedir a inundação da cidade durante a época das chuvas.

A dimensão deste complexo subterrâneo desafia toda a imaginação.  É uma obra de engenharia sofisticadíssima realizada em betão, situada 50 m abaixo do solo, fato extraordinário num país constantemente sujeito a abalos sísmicos e onde quase todas as infraestruturas são aéreas.  A sua função é não apenas acumular as águas pluviais como também evacuá-las em direção a um rio, caso seja necessário. Para isso dispõe de 14.000 HP de turbinas capazes de bombear cerca de 200 t de água por segundo para o exterior.

 

 

 

 

 

 

 

 

Conclusão: Não existe problema insolúvel. Basta querer enfrentá-lo.
Para esse nível de tecnologia,  não existe cidade alagada!

 

_____________________________________________________________________________________

 

 

 

02.03.11

ELA SÓ PENSA EM NAMORAR!


Bete do Intercambiando

 

 

Ao menos, era isso que queriam todas as meninas, e meninos também, lá pelos idos dos anos 70/80!

 

Hoje, estou surpresa!...

 

Elas e eles, só pensam em estudar!!!!!...Pode?...

 

Ao menos, lá onde estou estudando, as meninas e meninos fazem o médio pela manhã, à tarde o técnico, e ainda arrumam um tempinho prá trabalhar à noite!...Isso sem falar, que dão conta de todos os trabalhos do nosso querido professor Hugo, que não nos deixa ir dormir nunca antes da meia noite, com tantos trabalhos, leitura de jornais, acompanhamento de programas intelectuais na TV e no rádio!...Ufa!...Só mesmo estes "fofos" prá aguentar tantas tarefas!

 

Os pais é que devem estar felizes!!!!

 

Isso me fêz lembrar de uma música de Luiz Gonzaga "Xote das Meninas", que reflete bem o que "acontecia" nesta idade!...

 

Esta versão foi regravada já há bastante tempo, por Marisa Monte, que ganhou, com ela o Globo de Ouro de 1989.

 

Segue também a letra, original, que é muito gracinha!

 

  

 

Mandakaru quando fulorá na seca
é um siná que a chuva chega no sertão
Toda menina que enjôa da boneca
é sinal de que o amor já chegou no coração
Meia comprida não quer mais sapato baixo
Vestido bem cintado não quer mais vestir gibão
Ela só quer só pensa em namorar (bis)

De manhã cedo já tá pintada
Só vive suspirando sonhando acordada
O pai leva ao doutor a filha adoentada
Não come não estuda não dorme nem quer nada
| Ela só quer só pensa em namorar |b
| Ela só quer só pensa em namorar |i
| Ela só quer só pensa em namorar |s

Mas o doutor nem examina
Chamando o pai de lado
Lhe diz logo em surdina
Que o mal é da idade
E que pra tal menina
Não há um só remédio
Em toda medicina
Ela só quer
Ela só pensa em namorar

 

Marisa Monte, num lindo momento