Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

INTERCAMBIANDO

Blog para fazer amigos pelo mundo, falar do cotidiano, experiências , sentimentos e relacionamentos das pessoas comuns...

02.08.11

HEPATITES:IGNORÂNCIA QUE PODE MATAR!


Bete do Intercambiando

 

 

O dia 28 de Julho é considerado o dia mundial da hepatite, e o Fantástico, tem exibido já  há 3 semanas, episódios alertando para os perigos da doença, muito bem mostrados pelo Dr. Drauzio Varella.

 

Estima-se, que no mundo todo, exista mais de 500 milhões de pessoas infectadas.

 

Como tive um caso na família, e, por ignorância nossa e dos médicos envolvidos, a doença evoluiu a uma cirrose, e depois ao óbito, gostaria, também de deixar registrado aqui, um alerta,  postando o vídeo do programa do último domingo, que mostra a dimensão do problema, numa das regiões mais esquecidas do Brasil: a Amazônia, onde, para se chegar aos doentes, ou estes a um posto médico, demora-se vários dias, de barco.

 

É importante lembrar, que para a hepatite B, já existe vacinas, e , se tratadas a tempo, todas as formas dela (A,B,C,D) tem cura...O problema é que seu portador demora para sentir os sintomas, e, quando se descobre, muitas vezes o fígado já está danificado.

 

Por isso é importante, periódicamente fazer exames, principalmente quando já existe caso na família, como é meu caso.

 

No caso de meu querido pai, ele nem chegou a ter a doença em si, tinha apenas o vírus, mas, os médicos não tomaram nenhuma providência com relação ao assunto, nunca trataram da eliminação do vírus, e, num determinado momento, a cirrose já havia se instalado e não teve mais o que fazer...Pensávamos que o volume de sua barriga era devido a vida sedentária.

 

 

 
 
 
NOSSO QUERIDO QUE NOS DEIXOU  UMA SAUDADE SEM FIM 
 
 

 

 

 

Para ver os outros episódios, e saber mais sobre a doença, acesse http://fantastico.globo.com/Jornalismo/FANT/0,,MUL1667650-15607-431,00.html

 

 

2 comentários

  • Aqui no Brasil, os pais não são o problema!... As vacinas que o governo paga, tem quase 100% de adesão, pois, mesmo nos cantos mais difíceis de chegar, as equipes de saúde são levadas até àquelas comunidades...No caso das hepatites, a desinformação torna-se o maior problema, e, também o fato, das vacinas não serem gratuitas, para os grupos que não são de risco. No sudeste, tido como a região mais desenvolvida do Brasil, grande parte das contaminações, acredita-se, têm sido por alicate de unha, dá para acreditar?
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.