Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

INTERCAMBIANDO

Blog para fazer amigos pelo mundo, falar do cotidiano, experiências , sentimentos e relacionamentos das pessoas comuns...

17.11.12

O OUTRO SER QUE HABITA EM NÓS!


Bete do Intercambiando

Religiões, dogmas e filosofias à parte, estou cada dia mais convencida de que existe um outro Ser que habita em nós.

 

E é muito mais inteligente e sensível, mas também mais irracional, à medida que não temos domínio nenhum sobre ele e quando vai se manifestar.

 

E, percebo que este Ser está muito ligado aos processos criativos, ao encadeamento de pensamentos, processos gestuais e intuição.

 

Tenho, nos últimos meses,  me deparado com este Ser em algumas ocasiões, culminando hoje às 4:30 hs da manhã, quando fui acordada com uma palavra: " SEMÂNTICA".

Se alguém me perguntasse o que esta palavra quer dizer, durante o dia, eu não saberia descrevê-la de imediato. Talvez a tivesse descrito de forma errada, pois meu racional pouco a usa e pouco a conhece.

 

Como foi impossível voltar a dormir, pela insistência com que ela me vinha à mente, levantei-me e fui consultar o bom e querido dicionário  "Aurélio", que me informou: Semântica:: "o estudo das mudanças ou translações sofridas, no tempo e no espaço, pela significação das palavras”.

Pronto, era a resposta que eu precisava para concluir um trabalho de língua portuguesa que vinha me incomodando há dias, por uma série de entraves ocorridos durante este exercício.

Escrevi o texto, voltei a me deitar e a refletir sobre essa "manifestação", que não tenho outra palavra para rotular.

 

E, de outras manifestações que venho observando quando de exercícios de pintura e escultura, às quais também não tenho habilidade técnica e racional, mas que, em diversos momentos já observei minhas mãos realizando gestos tão intuitivos como se outra pessoa as estivesse guiando.

 

Sinto de grande importância ficar atento a estes pequenos sinais, pois se bem direcionados, podem nos levar a um melhor entendimento de nós mesmos e de como funcionam nossos processos cognitivos e emocionais.

 

É uma sensação como poucas e que merece um estudo aprofundado para entendê-la!

 

 

8 comentários

Comentar post