Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

INTERCAMBIANDO

Blog para fazer amigos pelo mundo, falar do cotidiano, experiências , sentimentos e relacionamentos das pessoas comuns...

25.05.20

Professora/Artista: A Arte como Crescimento Humano e sua Reconstrução!


Bete do Intercambiando

Conheci a professora Rita este ano, e desde o início percebi que todos tinham um carinho e admiração muito grandes por ela. Contudo, pouco tempo tivemos para desenvolver nossa amizade, devido a esse afastamento pelo Covid-19.

Mas, qual não foi minha surpresa quando recebi esse vídeo que segue abaixo, em um de nossos grupos de whatsapp.

Segundo Rita, que mora na cidade de Americana/SP/Brasil, o  vídeo foi gravado no aplicativo Smule e a outra cantora que faz o dueto com ela é Maria José Salmoreno, e mora em Madri. 

Além de toda emoção que as duas moças nos passam, fiquei também encantada com mais essa possibilidade que a tecnologia nos oferece.  Cantar com alguém de outro país... 

Então, quis saber mais sobre Rita, e de onde vinha todo esse talento, se era dom, se tinha feito aulas.

Segundo Rita, a mãe tinha uma voz belíssima e cantava na rádio Cacique de Londrina/PR. Contudo a mãe não seguiu carreira porque naquele tempo as artistas não eram vistas com bons olhos pela sociedade, e, assim seu talento ficou apenas para os familiares, influenciando-a desde pequenina.

Pelas mudanças de cidade que fizeram em sua infância, Rita acabou não tendo a oportunidade que tanto queria de estudar violão ou piano. Cantava apenas em casa e nas rodas de amigos. A partir do ano 2000, diz ela ter tido um encontro com Jesus, e começou a dedicar-se realmente nos cânticos da Igreja e a fazer aulas de canto. Fez 3 anos de aulas, chegou a ministrar aulas de canto também, mas não conseguiu conciliar o canto com sua carreira de professora de português. Viu-se apaixonada por ensinar e não deu sequência ao que havia iniciado com a música, até porque, neste ínterim, por conta de uma tragédia pessoal não quis mais cantar... Calou-se até este ano, mas por insistência dos amigos  e da família, voltou a cantar, até mesmo para espantar a tristeza, e cita a passagem bíblica onde Davi, por ser músico, era chamado até os aposentos do rei para tocar sua harpa e acalmar o coração de Saul, cuja passagem deu origem ao ditado: "Quem Canta seus Males Espanta"

Mas ela diz: O canto está dentro de mim também!...Não quero ser profissional, seguir carreira... É a poesia que jorra dentro de mim!

E quanta emoção, para nós. Obrigada Rita e Maria José.

E, para complementar toda essa poesia e dialogar com esse momento de isolamento, uma poesia fotográfica de Fer. Ribeiro lá de Portugal, nos mostrando que a solidão também tem seu encantamento. Nossos agradecimentos a ele e a elas.

FER.RIBEIRO_PORTUGAL.jpeg

 

 

 

 

 

3 comentários

Comentar post